A ladainha da queixa

por - maio 17, 2018



Observa-te e percebe quanto do teu tempo útil diário dedicas a queixares-te ...
Comecei a escrever as queixas que ouço bem como as minhas queixas diárias e... adivinha...
Cansei-me.
A queixa cansa.
E, se estiveres em grupo, Jesus, é de fugir!
A tua queixa, a queixa do número 1, a queixa do número 2, a queixa do número 3 (e quantos mais vierem),...
E, maravilha das maravilhas, não só a queixa vai aumentando de intensidade como cada um dos interlocutores procura provar ao outro que a sua queixa é a maior e mais dramática de todas.

E, não me interpretes mal, uma boa queixa é algo extremamente terapêutico. E viver neste concurso de A minha queixa é maior que a tua é viciante.
Só tem um pequenino problema... enquanto te queixas, desperdiças de forma inútil e cansativa o teu tempo, o teu bem mais precioso.

Pensa nisso... ou, então... queixa-te :)

Beijinho de boa noite.

Também pode gostar de

0 comentários